segunda-feira, 19 de maio de 2008

Um Lar para Deus em Nós


Bem-aventurados os que habitam em tua casa; louvar-te-ão continuamente. (Sal 84:4).

O Salmo 84 da Bíblia Sagrada, escrito, como quase todos, pelo Rei Davi, é uma notável declaração de amor à Casa do Senhor. Com raríssima leveza poética, o salmista proclama como seria maravilhoso ter o privilégio de morar perpetuamente na Casa do Senhor. Coerentemente, o mesmo autor declara, no quarto versículo do Salmo 27: “Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo”.
Davi, o autor da maioria dos salmos da Bíblia Sagrada, bem que desejaria ter sido um levita. Nota-se, pelos textos mencionados, como ele gostaria de ter tido o privilégio que, em seu tempo, era designado somente aos descendentes diretos da tribo de Levi, ou seja, realizar todos os ofícios inerentes ao serviço no Tabernáculo do Senhor, construído segundo as orientações recebidas por Moisés. O tabernáculo, vale dizer, era uma tenda feita segundo especificações detalhadamente relatadas no livro de Levítico, instruídas diretamente por Deus a Moisés. Na antiga aliança, somente os filhos da tribo de Levi podiam exercer funções sacerdotais, e tinham, portanto, o privilégio de estar na presença de Deus perpetuamente. É a este privilégio que se refere Davi, que praticamente não esconde seu desejo de também poder estar diante de Deus todos os dias. Isto fica mais evidente ainda na abertura do Salmo 84: “Quão amáveis são os teus tabernáculos, Senhor dos Exércitos! A minha alma está desejosa, e desfalece pelos átrios do Senhor; o meu coração e a minha carne clamam pelo Deus vivo”.
Davi tinha outras prerrogativas a exercer, como rei, que o impediam de estar o tempo todo no Tabernáculo, muito embora a Bíblia registre que, sempre que podia, Davi fazia questão de estar adorando a Deus. Consciente da necessidade de termos Deus em nossa vida, Davi liderou com alegria a caravana que trouxe de volta para Jerusalém a Arca da Aliança, símbolo da presença de Deus. O desejo de agradar a Deus era tamanho que, um dia, se deu conta que uma equação estava invertida: ele, rei de Israel, ser humano mortal, habitava em um palácio, enquanto a arca, símbolo da presença de Deus, era guardada em uma tenda. Foi quando resolveu construir uma casa, um templo para o Senhor. Assim, Davi encontrou a solução para o seu desejo incontido de estar na presença de Deus de forma mais contínua, pois embora não chegasse a realizar o sonho de ver a casa construída, empenhou-se grandemente neste projeto.
O advento de Jesus Cristo modificou o foco da adoração a Deus. Na Nova Aliança, o templo em que Deus deseja habitar é nosso próprio coração. Jesus, o Verbo Encarnado, é o testemunho vivo de um Deus que quer ter seu lar dentro de nossa vida, no nosso interior, mais do que em templos feitos por mãos humanas. O templo, ainda hoje, tem seu lugar insubstituível na adoração, mas o lugar onde Deus deseja verdadeiramente habitar, nos dias de hoje, é nosso coração. Para atrair a presença de Deus, construa você mesmo um templo dentro de você.
Que Deus te abençoe grandemente.

7 comentários:

Cleiton disse...

pois é..
eu não sou uma pessoa que expõe muito a fé, inclusive, eu nem acredito em religiões, apenas em Deus. Não páro para ler a Biblia sempre..
mas mesmo assim, eu ainda gosto de encontrar textos e artigos de qualidade que falem sobre a fé, sobre a crença de uma pessoa, isso me faz parar pra pensar em muta coisa que eu faço, ou deixo de fazer por motivos fúteis..
Cláudio, parabens, voce consegue expor de uma maneira muito legal e muito criativa a fé e a palavra de Deus, continue assim, abraços!

Cleiton disse...

uma dica:
deixe os comentarios livres, para pessoas de outros hosts tambem possam comentar..
se eu nao tivesse mais minha conta do blogger, nem dava, hehe

Google disse...

A historia do Davi é muito boa, ja vi um filme dele em que ele era humilhado pelo os irmãos dele e logo após uns anos ele se tornou um rei!!

Ei vem ka, afinal de contas agente tem que frequentar uma igraja para ser salvo?

Patrycia disse...

Olá!1 Em primeiro lugar, muito obrigada pela frequencia em meu blog. Fico feliz que esteja gostando.

Claro que pode linkar meu blog. Para mim é uma alegria, e saiba que também linkarei o seu ao meu. Adoro estes textos tão maravilhosos. Em geral temos blogs de tudo, mas poucas pessoas fazem blogs para nos lembrar da presença magnífica de Deus em nossas vidas e lembrar-nos do quanto ele é bom para nós.

Aproveito para pedir que vote em minha logomarca, pois estou concorrendo aqui em minha cidade para um evento que temos aqui.

Caso possa me ajudar pedindo que seus amigos e contatos votem em mim também, ficarei extremamente agradecida.

Um grande abraço,

Patrycia
acendedordelampadas.blogspot.com

Mickey disse...

hua q bom um blog religioso.... vejo poucos axo q o seu faz sucesso.... gostei da foto 3x4 serve pra q?

XD

t+

c kiser passa lah

Niltinho disse...

Graça e Paz!
Pastor Cláudio, gostei muito da mensagem, isso só corrobora com o pensamento muito difundido pela igreja apostólica pós-moderna:
a igreja são as pessoas, tanto que Jesus em seus anos de ministério terreno não edificou um só templo material.

Bom saber que existem boas leituras cristãs em blogs.

Quando tiver um tempinho, visite o meus blogs:

Blog do Niltinho 2.0 http://niltinho20.blogspot.com

Juventude & Santidade
http://holinessy.blogspot.com

Camila Cavalcante disse...

Nossa, muito bom também ler blogs como esse, principalmente nos dias de hoje, onde eu acredito que a fé anda um pouco abalada na vida de alguns. Adorei a explicação de salmos, a descrição, a explanação muito coerente de alguns assuntos, gostei muito

Parabéns

Abraços

http://devaneioconstante.blogspot.com/