terça-feira, 13 de maio de 2008

Nos Montes ou nos Vales?


"Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus. Todo o vale será exaltado, e todo o monte e todo o outeiro será abatido; e o que é torcido se endireitará, e o que é áspero se aplainará. E a glória do Senhor se manifestará, e toda a carne juntamente a verá, pois a boca do Senhor o disse". (Isaías 40:3-5)

Lendo esta passagem dos escritos do Profeta Isaías, vemos uma clara referência ao caráter do ministério do Messias de Israel, Jesus Cristo, que só nasceria setecentos anos depois. Foi preciso, da parte de Isaías, muita coragem e ousadia para proclamar uma promessa de Deus, que só se cumpriria muito tempo depois de sua morte. O testemunho de fé dado por Isaías precisa servir de exemplo nos dias de hoje, em que as pessoas querem receber as bênçãos prometidas por Deus hoje, agora, imediatamente. Nossa sociedade apressada gosta de soluções "fast-food", mas o relógio de Deus não é cronometrado segundo nossos padrões humanos. Por mais que nos custe esperar por uma vitória, precisamos entender que a providência de Deus sempre chega na hora certa.
Neste trecho de seu grande livro, o profeta Isaías fala que "todo vale será exaltado, e todo monte será abalado". Diz ainda que tudo que é torcido se endireitará, indicando que os terrenos acidentados serão nivelados. À primeira vista, parece que o texto nos fala de uma manifestação tão impactante de Deus no futuro, que a própria geografia que conhecemos será modificada. Creio, de todo coração, que é bem possível que seja assim nos últimos dias, quando Jesus retornar, mas também entendo que esta Palavra nos traz um segredo espiritual para a nossa vida. Aliás, foi minha esposa, Patrícia Torres, quem me chamou a atenção para este aspecto do texto.
O profeta declara que a Glória de Deus tem o poder de "exaltar vales". Com muita referência, a Bíblia se refere usa a palavra "vale" como figura de linguagem para se referir aos momentos de tristeza profunda, angústia ou depressão. Seguramente, quando temos a Glória de Deus dentro de nosso coração, encontramos uma força que nos faz emergir da mais profunda dor. Davi sabia muito bem do que estava falando quando cantou, no Salmo 23: "Ainda que eu atravesse o vale escuro da sombra da morte, não temerei mal algum, porque Tu estás comigo; o Teu bordão e o Teu cajado me consolam". Isaías também diz que Deus "abate os montes". Os montes representam os lugares altos da nossa consciência, onde costumam nascer a vaidade, o orgulho, a soberba. Quando a pessoa começa a olhar os outros de cima, já não consegue elevar a cabeça e olhar para Jesus, e por isso mesmo, muitas vezes Deus permite circunstâncias de derrota para que a pessoa se lembre que não é melhor do que ninguém, e que como todos, precisa da força de Deus em sua vida.
Um Deus como esse, que é capaz de endireitar tudo aquilo que esteja desnivelado em nossa vida, restituindo nossa dignidade e nos concedendo vida em abundância, é certamente alguém digno de toda a confiança. Confie todos os seus projetos e sonhos a Deus, e tudo com certeza será diferente.
Deus te abençoe.

6 comentários:

Patrícia Andréa disse...

Valeu pelo comentário!!
"Apareça" lá no meu blog mais vezes!

Philipe disse...

Gostei do teu blog amigo
MT Bom Continue escrevendo

Visite o meu tbm

Www.Philipecardoso.com

Sú...de conversa mole! disse...

Pois é não esta sendo facil pra mim. Parece que falta tão pouco e ao mesmo temppo, falta tanto.
espero que de tudo certo e que vc tenha sorte na sua.
tudo de bom pra vc!
Att,,
Su

Meninas :* disse...

Gosteei..

Coontiinue assim ;)
Apareçe lah no meeu

www.100porcentovoce.blogspot.com

Viviane disse...

Nossa! Muito bom seu blog, gostei do que escreve aqui e como escreve adorei seu comentário no meu viu.
Olh eu precisava ouvir essas palavras. Estou à espera de um milágre. Por mais que nunca pensei que fosse digna dele tenho fé que Deus me dará porque eu sei que Ele pode. Eu posso dizer que sei o que é esperar viu... já faz muitos anos mas cada dia que passa sei que se inda não foi me concedido este milágre é poque não é o tempo de Deus, mas não pensava sempre assim... hoje estou mais otimista.
:)

Fernando Gomes disse...

"A fuga da fuga"
gostei muito do seu comentário.
Me fez olhar pro meu texto de maneira diferente.

Acabei de atualizar, se quiser passa lá:

And I Said Goddamn!